Órgão marítimo

with Nenhum comentário

Uma ode ao mar e ao sol



Formado por diversos degraus em frente ao mar, o órgão é obra do arquiteto Nikola Bašić, que contou com a ajuda de outros especialistas: professor Vladimir Andročec (hidráulica), Goran Ježina (responsável pelos tubos) e pelo estúdio Heferer (projeto sonoro e musical). 

São 35 tubos de diferentes comprimentos e diâmetros, que produzem sons conforme movimentação das águas do mar. 

Ao lado, do mesmo arquiteto, 300 lâminas de vidro compõem a obra Saudação ao sol, produzindo efeitos luminosos, que podem ser vistos à noite.

Estes projetos fazem parte da modernização da parte ocidental da Península, chamada de Riva: uma orla, onde fica o novo porto.

Assim que vi as fotos deste órgão marítimo, em uma revista de viagens, Zadar passou a fazer parte da minha longa, interminável lista de lugares a conhecer. Foi também um dos lugares que me fez mudar um pouco a forma de viajar.

Veja só, o lugar que tem uma obra chamada Saudação ao sol, e chego com o tempo nublado. E só fui passar o dia! Se eu ficasse ali mais um dia, não seria garantia do tempo abrir, mas... quem sabe? Foi ótimo, claro, mas faltou ver esta obra acessa, faltou ver o sol se pondo ouvindo o som do mar. Hoje, eu programaria mais um dia na cidade. Se você ainda não foi até lá, fica a dica.

GALERIA

Passe o mouse nas imagens para ver a descrição ou clique para aumentar.

Comentários