Lago Tjörnin

with Nenhum comentário

O Lago Tjörnin é ponto de visita de moradores e turistas, tanto no verão quanto no inverno. Muitos vão até lá não apenas para passear e apreciar a paisagem, mas também para alimentar os patos, gansos, cisnes e outras aves.

Congelado no inverno, vira pista de patinação, mas vi várias meninas jogando futebol sobre o gelo.

A água do lago provém do pântano de Vatnsmýrin e corre para uma fonte - Laekurinn, sob a rua Laekjargata até o oceano.

Ali perto encontra-se o prédio da prefeitura, a Galeria Nacional da Islândia e a igreja Fríkirkjan.

Perto do lago, uma escultura chama a atenção. Trata-se de um monumento ao Burocrata desconhecido que data dos anos 1990, obra do artista Magnús Tómasson: um homem de terno, segurando uma pasta, com a cabeça e os ombros enterrados numa grande pedra sem forma. Em alguns sites, como no guia Frommers, encontramos a seguinte descrição: outros países possuem monumentos ao soldado desconhecido, mas a Islândia honra - e satiriza - o trabalho ingrato e anônimo de um burocrata.

Caminhando um pouco adiante, encontra-se, em meio às residências, o belo Parque Hallargarðurinn, planejado em 1953-1954 pelo primeiro arquiteto paisagista islandês, H. Björnsson. No inverno parece cena de filme.

Passe o mouse nas imagens para ver a descrição ou clique para aumentar.

Comentários