Zagreb: entre a Costa Adriática e a Europa central | Para onde?

Zagreb: entre a Costa Adriática e a Europa central

with Nenhum Comentário
Zagreb: entre a Costa Adriática e a Europa central

Zagreb possui parques, inúmeros museus e galerias, e é um centro de negócios.



A capital da Croácia é uma cidade rica em história e cultura, no cruzamento entre a Costa Adriática e a Europa Central.

Fundada em 1759, onde antes existiam dois burgos medievais, Zagreb possui parques, inúmeros museus e galerias, e é um centro de negócios.

Divide-se em cidade alta - Gronji Grad - e cidade baixa - Donji Grad. As duas partes se encontram na praça principal, a Trg bana Jelačića.

A cidade alta fica na colina e é a parte mais antiga de Zagreb. Pode-se chegar até lá de vários modos. Um deles é pegando o funicular, o menor do mundo (percorre apenas 66m), há mais de cem anos em funcionamento.

O funicular é protegido como patrimônio cultural, uma vez que manteve sua aparência original, bem como a maior parte de suas características técnicas. Comporta até 28 adultos, sendo que a viagem dura apenas 55 segundos.

Ao lado da entrada, algumas escadas também levam à cidade alta.

O aeroporto não é longe do centro. Há um ônibus, que leva até o terminal, a uns 15 minutos a pé da praça principal. O táxi custa aproximadamente 150 kunas, ou 20 euros (valores de jun/2014).

Fiquei em Zagreb apenas 3 dias. Foi possível ver os pontos turísticos principais, mas achei corrido. Mais um dia ou dois seria o ideal, para passear com calma e aproveitar a cidade.

POR ONDE ANDEI

Cidade Alta
with Nenhum Comentário

A parte mais antiga de Zagreb A Cidade alta, Gronji Grad, é a parte mais antiga da cidade. Ali você vai ver: Catedral da Assunção da Sagrada Virgem Maria: a “obra arquitetônica mais grandiosa, no estilo gótico, ao sul dos Alpes” destaca-se por … leia mais

Cidade baixa
with Nenhum Comentário

A parte mais moderna de Zagreb A Cidade baixa, localizada numa planície, é a parte mais moderna de Zagreb. É nela que se localizam os museus e um bela casa no estilo Art Nouveau, a Casa Kalina. As duas partes, … leia mais

De abril a setembro, entre 11h40 e 12h, em frente à Igreja de São Marcos, você poderá ver a troca da guarda de honra do Regimento da Gravata: um regimento do século XVII, reconhecido pelo heroísmo de seus soldados e também pelos pitorescos lenços que usavam ao redor do pescoço, e que deram origem ao nome do regimento.

(Passe o mouse nas imagens para ver a descrição ou clique para aumentar)

Comentários