Sul e sudeste da Islândia | Para onde?

Sul e sudeste da Islândia

with Nenhum Comentário

Um país incrívelmente bonito, com praias de areia vulcânica e paisagens que parecem de outro planeta.



O objetivo de minha viagem à Islândia foi participar de um workshop de fotografia do Iurie Belegurschi, cujo perfil eu seguia no Instagram; todo o contato foi feito com o Iceland Photo Tour - Guide to Iceland.

Apesar de não se fotógrafa eu queria muito participar dessa viagem, tanto para ter a oportunidade de aprender um pouco, como porque, pelos depoimentos do site, vi que iria a lugares sem muitos turistas ou sem turista nenhum. E como eu queria ir no inverno, sabia que seria difícil fazer isso tudo sozinha, principalmente devido ao clima.

E foi assim que conheci um pouco do sul e do sudeste da Islândia, um país incrívelmente bonito, com praias de areia vulcânica e paisagens que parecem de outro planeta.

Pela estrada, se vê, de um lado, grandes planíces que vão dar no mar. Do outro, montanhas rochosas parcialmente cobertas de neve, geleiras, montanhas nevadas. Elas não são altas como na Suíça ou na Itália, mas nem por isso são menos impressionantes.

Não se vê muitas casas, nem grandes cidades. Bem distantes, aqui e ali, sítios, pequenas casas, por vezes com detalhes em vermelho ou verde, se destacam numa estrada reta que parece não ter fim. De vez em quando a gente encontra uma pequena cachoeira bem no meio do caminho. Ou criações de cavalo islandês. Mas quase não se vê árvores, apenas pequenos arbustos de vez em quando.

É tudo tão bonito que a gente não sabe para onde olhar, não sabe se aprecia ou fotografa.

De repente, a paisagem que estava toda branca, coberta de neve, se transforma; a neve dá lugar a uma vegetação que mistura verde e terra. E uns 10 minutos depois, tudo começa a ficar branco de novo.

E a luz? Acho que gostei mais da luz rosada da manhã do que do por do sol. 

No final da viagem fizemos uma parte do Golden Circle, que também fiz depois numa excursão local. Conto tudo separadamente.

POR ONDE ANDEI

Caverna de gelo
with Nenhum Comentário

Cada caverna “é única, com estruturas rochosas recobertas pelo gelo, camadas transparentes de água congelada da cor de um mar tropical e esculturas de gelo com formas estranhas e fascinantes”. (Guide to Iceland)

 

 

 

PÁGINAS EM CONSTRUÇÃO

Um aviso para quem pretende se aventurar sozinho pelas estradas do interior da Islândia. As estradas são ótimas, muitas vezes desertas. O problema maior é o clima. Alguns dias nos disseram que teríamos que sair exatamente dentro de um determinado horário, pois os ventos iriam ficar muito fortes. Consulte: http://safetravel.is

Comentários