Roccapina: um museu e uma lenda

with Nenhum comentário

A Casa de Roccapina e a lenda do leão que vela sobre a praia.



Roccapina, no município de Sartène, é conhecida por suas rochas em forma de bichos, dos quais o mais impressionante é o leão, com sua coroa, que do alto vela sobre a baía e a torre genovesa. Nesta baía, uma praia deslumbrante onde se chega ou de barco, ou com um 4x4.

De um lado da rua encontra-se o museu, A Casa de Roccapina, e, do outro lado, o Caminu di a Punta, com formações rochosas que lembram animais e um belvedere com uma vista de tirar o fôlego.

A Casa di Roccapina é uma antiga casa cantoneira, onde viviam pessoas que cuidavam da estrada. Foi restaurada e transformada em museu, numa cooperação entre o Conselho Geral da Córsega do Sul e o Conservatório do Litoral.

O museu engloba não apenas a casa, mas o terreno atrás dela, onde é possível visitar um “oriu”, reconstrução de uma casa feita na pedra.

No museu é possível assistir um filme rodado no local, em 1923: Amor e Vendetta ou A filha do Leão. Diz a protagonista, Jane: “Eu sou a filha do leão, do qual conheço todos os segredos, todos os mistérios”.

Após percorrer a exposição, e assistir ao filme, o ideal é explorar, do outro lado da rua, o “Caminu di A Punta”: um caminho sinalizado que passa pela vegetação e nos faz descobrir os “Taffoni”, rochedos esculpidos pelo tempo, e transformados pelo homem, que os usava para se esconder, viver, morrer, e os “Orii" (pl. de oriu) abandonados.

Este caminho leva a um belvedere, de onde se tem uma vista espetacular dos rochedos e do mar.

Além do leão, velando sobre a praia de areia branca, vê-se, no caminho, a cabeça de um elefante, sob o qual há uma gruta.

A LENDA DO LEÃO DE ROCCAPINA

 

Segundo a lenda, um poderoso senhor, apaixonado por uma mulher, é rechaçado por ela: “Teu coração é de pedra, leão de pedra tu serás!”

Outra versão da lenda diz que, no tempo dos Sarracenos, ali vivia um senhor de grande coragem, conhecido como “o leão de Roccapina”. Um dia, ao caçar, encontrou uma jovem por quem se apaixonou, mas que não podia desposar. Desesperado, o senhor invocou a morte e foi petrificado sob a forma de um leão.

 

GALERIA

Passe o mouse nas imagens para ver a descrição ou clique para aumentar.

Comentários