Stolpersteine
Pedras ou blocos do tropeço

O artista alemão Gunter Demning resolveu relembrar as vítimas do Nacional-socialismo instalando placas de bronze na calçada em frente à última moradia de da pessoa. Chamadas em alemão de “stolpersteine" (a tradução literal seria pedras ou blocos do tropeço), estes blocos, que medem 10cm x 10cm, simbolizam o retorno das pessoas ao local de onde foram retiradas de seu cotidiano.

Além da Alemanha, os blocos estão presentes também nas calçadas de cidades de 16 outros países como Áustria, Hungria, Holanda, Bélgica, República Tcheca, Noruega, Polônia e Croácia.

O texto de cada bloco começa com os dizeres “Aqui viveu…”, seguidos do nome, sobrenome, ano de nascimento, ano e local de deportação e indicações sobre o destino da pessoa.

Atualmente, a instalação dos blocos conta com voluntários: por 120 euros, qualquer pessoa pode patrocinar uma instalação. Para mais informações: http://www.stolpersteine.eu/en/home/

O site Stolperstine in Berlin (https://www.stolpersteine-berlin.de/) traz, além de informações sobre o projeto, um mapa com todos os blocos instalados na cidade.