relógios astronômicos
Berna, Suíça

 

Existem diversos relógios astronômicos pelo mundo.

Em minha busca sobre o assunto, encontrei uma tese de doutorado de história, da Universidade de Lyon, França, cujo objetivo principal é estudar o relógio astronômico da Catedral de Saint-Jean de Lyon, do século XVIII. Segundo o autor, Charles-Henri Eyraud, estes mecanismos começaram a se desenvolver na Europa a partir do século XIV.

O mais antigo data de 1327, e foi construído por Richard de Wallingford, abade de Saint-Albans, cidade ao norte de Londres.

Eyraud, em sua análise histórica, cita, dentre outros, os relógios de Pádua, Mantova (Itália), de Oppenheim e Stralsund (Alemanha), de Praga (República Tcheca), de Mellingen (Suíça), de Rouen (França).

Pude apreciar alguns:

  • Berna (Suíça): data de 1530 e sua torre, Zytglogge, era a do relógio principal da cidade. A cada hora diversas pessoas param ali para admirar os bonecos (autômatos): faltando quatro minutos para a hora cheia, o galo bate as asas e canta; dois minutos depois o bufão soa alternadamente os sinos abaixo dele; ao mesmo tempo, o senhor direciona seu cetro para o urso cavaleiro que vira a cabeça e inclina sua espada e, assim, começa o desfile dos outros ursos. Quando eles param, o galo canta novamente. O relógio possui duas séries de números romanos para as horas e losanges para as meias-horas. Uma agulha em forma de mão completa o círculo das 24 horas. O relógio possui duas séries de números romanos para as horas e losangos para as meias-horas. Uma agulha em forma de mão completa o círculo das 24 horas. Para informações mais detalhadas, com fotos mostrando as várias partes do relógio, consulte: Découverte des horloges monumentales - Berne.
  • Estrasburgo (França): de 1842, encontra-se no interior da Catedral. Na sua construção trabalharam matemáticos, técnicos, relojoeiros suíços, escultores, pintores e  criadores de autômatos (bonecos). Estes autômatos aparecem todos os dias às 12h30: pode-se ver as diferentes idades da vida passando em frente à morte. No alto, os apóstolos desfilam diante de Cristo. Sua passagem é acompanhada pelo bater das asas e o canto de  um galo.
  • Mantova (Itália): a Torre do Relógio foi construída em 1473, por Luca Fancelli. O relógio é obra de Giovanni Manfredi, que, em 1396, havia construído o primeiro relógio público da cidade, ficando conhecido como "Giovani dell'orologio".
  • Pádua (Itália): desenhado por Jacopo Dondi, que levou 15 anos para concluir seus cálculos (1365-1380). Marca o tempo, os dias e meses do ano, as fases da lua, o movimento dos planetas e os signos do zodíaco.
  • Praga (República Tcheca): data do início do século XV, e se localiza na lateral do prédio da prefeitura. Nas horas cheias, entre 9 e 23h, aparecem os 12 apóstolos. Na parte inferior, há um calendário de Josef Manés e os signos do zodíaco.