Caverna de gelo

with Nenhum comentário

Cada caverna "é única, com estruturas rochosas recobertas pelo gelo, camadas transparentes de água congelada da cor de um mar tropical e esculturas de gelo com formas estranhas e fascinantes". (Guide to Iceland)



Foi um dos melhores passeios que já fiz. Não sou de aventuras e isso pra mim foi uma super aventura.

O carro que nos levou até lá parou bem perto e o guia, no nosso caso o Brigir, nos ensinou a andar sobre o gelo com os crampons antes de sairmos em direção à caverna.

Eu estava com muito medo, principalmente de escorregar. E quando vi a entrada da caverna, devo ter ficado meio estática porque o Iurie logo pediu ao guia para me ajudar. Ainda bem que eu era a única apavorada. O Brigir pediu a alguém do meu grupo para pegar minha câmera com o tripé e entrou comigo na caverna, descendo primeiro, me dizendo para ter calma e não ter medo. E lá fui eu, um passo depois do outro e, realmente, não havia motivo para ter medo; a descida foi fácil e não era nada profundo como eu imaginava. E eu adorei. Recomendo muito.

A caverna fica no Parque Nacional de Vatnajökull, onde localiza-se o maior glaciar da Europa (jökull significa galciar), o maior do mundo fora do Ártico.

As cavernas se formam em lugares diferentes a cada ano. Veja o que diz o Guide to Iceland: “a cada estação, quando as águas congelam, especialistas começam a explorar a área ao redor do glaciar de Vatnajökull, procurando cavernas de gelo grandes e suficientemente seguras para explorar". Assim que o tempo esquenta e o degelo começa, tudo volta a ser água. E é preciso esperar o próximo inverno para enontrar novas cavernas.

Se você pretende ir no inverno, esse é um passeio incrível, mas não vá sozinho e procure uma empresa responsável. Parece que algumas que não fornecem crampons. E acredite, vai ser difícil sem eles. Também devem fornecer capacetes.

Como o fotógrafo do workshop é do Guide do Iceland, foi esta a empresa que nos levou à caverna. O carro era especial, com um pneu gigante. Vimos um 4x4 no caminho (quando estávamos saindo) e comentamos que talvez os ocupantes não conseguissem chegar até lá. O caminho pode ser  bem íngreme e não é porque o carro é um 4x4 que ele vai conseguir passar.

GALERIA

Passe o mouse nas imagens para ver a descrição ou clique para aumentar.

Comentários