Carnac: o mistério das rochas megalíticas de Ménec

with Nenhum comentário
Carnac: o mistério das rochas megalíticas de Ménec

Inúmeras hipóteses tentam explicar o que são essas rochas e porque foram dispostas ali, daquela forma, mas sua origem permanece um mistério.



No departamento de Morbihan existem mais de 550 sítios megalíticos. Em Carnac existem três: Kermario, Kerlescan e Ménec, com mais de 7000 anos.

Estes monumentos, que se estendem por aproximadamente 4km, foram estabelecidos entre os anos 5000 e 2000 a.C.: menires, dólmens, tumulus e outros vestígios, testemunhos da arquitetura neolítica. Apesar de serem tombados como Patrimônio histórico desde 1889, ainda não entraram para a lista do Patrimônio da Humanidade.

Segundo o site oficial de turismo (link no final da página), o sítio de Kermario é o mais frequentado, reunindo monolitos impressionantes, com destaque para um menir de 3m que marca uma tumba individual chamada de Manio. Ao todo são 1029 menires, divididos em 10 linhas.

O sítio de Kerlescan, o menor e mais bem preservado dos três, é composto de 555 rochas dispostas em 13 fileiras.

Eu visitei o sítio de Ménec, ao lado do qual está a Maison des Mégalithes, um centro de informações. Ali há uma sala de exposições, uma loja com diversos livros sobre o assunto e artigos para presente.

O sítio é aberto, ou seja, você vê da estrada. A entrada propriamente dita, para andar perto das pedras, é livre de outubro a  março. De abril a setembro, as visitas são pagas, com o acompanhamento de um guia que fornece diversas explicações.

Logo ao chegar, a vista é impressioanante. Fileiras e mais fileiras de pedras, como uma fila sem fim. São 1050 rochas, alinhadas em 11 fileiras, com uma extensão de 1km.

Avista-se uma grande pedra deitada (veja as fotos) e não se sabe se tombou, se foi levada até onde está para ser colocada de pé e acabou sendo abandonada.

As rochas megalíticas são cercadas de lendas e hipóteses. Por que estão alinhadas dessa forma? Onde começam? Onde terminam? Sua leitura deve ser feita na vertical ou na horizontal?

Alguns dizem se tratar de monumentos religiosos, outros de um culto ao sol ou a lua, ou um calendário para a agricultura. Os mais místicos acreditam em um exército romano transformado em pedras. Uma das hipóteses mais plausíveis é a de que teriam uma função sagrada e funerária. A verdade é que não existem estudos que comprovem sua origem ou que expliquem sua forma. Seriam necessárias escavações e análises profundas.

Impossível não se perguntar "como, quando, por quê?". Difícil de imaginar que com toda a tecnologia atual e tantos estudos, esta pergunta ainda continue sem resposta.

GALERIA

Passe o mouse nas imagens para ver a descrição ou clique para aumentar.


LINKS

LES SITES MÉGALITHIQUES DE CARNAC / ALIGNEMENTS DE CARNAC (MAISON DES MÉGALITHES)

Comentários