Berlim: uma cidade vibrante | Para onde?

Berlim: uma cidade vibrante

with Nenhum comentário
Berlim: uma cidade vibrante

O marco mais importante da cidade, o Portão de Brandenburgo (Brandenburger Tor), foi durante décadas o símbolo da separação entre a Alemanha Ocidental e Oriental.



Uma cidade em constante mudança, que não esquece seu passado. Diversos memoriais são testemunho disto e relembram a história do país, da Primeira Grande Guerra à queda do muro.

Símbolo da Guerra Fria, na noite do dia 13 de agosto de 1961, teve início a separação do país. Com o tempo, os arames farpados usados inicialmente deram lugar ao muro. Muitos tentaram escapar, alguns conseguiram, outros morreram tentando. Mesmo soldados o fizeram. Em 9 de novembro de 1989, vinte e cinco anos após ter sido erguido, caía o muro, reunificando o país, reunindo familiares e amigos.

O país foi reunificado em 3 de outubro de 1990 e, em 20 de junho de 1991, o Parlamento alemão decidiu transferir a sede do governo e do Parlamento de Bonn para Berlim, que voltou a ser o centro político da Alemanha.

Mas Berlim também é conhecida por sua Ilha dos museus, um conjunto arquitetônico que faz parte dos patrimônios da Unesco. A cidade tem cerca de 180 museus e 440 galerias. E um belo palácio, Charlottenburg.

Uma cidade vibrante, com restaurantes, bares e grande comércio. Uma cidade que a gente não conhece numa só viagem.

POR ONDE ANDEI

Checkpoint Charlie
with Nenhum comentário

Posto de fronteira destinado à passagem de diplomatas estrangeiros e militares. Este posto foi instalado ali no final de setembro de 1961. Além do controle de fronteira, era onde os turistas podiam obter informações sobre sua estadia. Por quê Charlie? Trata-se do … leia mais

De barco pelo rio Spree
with Nenhum comentário

Uma boa opção depois de muito andar pela ilha dos museus, principalmente se o dia estiver bonito, é fazer um tour de barco pelo rio Spree. Fiz um tour pequeno, pegando o barco ao lado da catedral (Berliner Dom). Este passeio vai … leia mais

Kaiser-Wilhelm-Gedächtniskirche
with Nenhum comentário

Um memorial à paz e à reconciliação, preservando a história, num contraste entre o moderno e o antigo. A pedra fundamental da igreja foi colocada ali em 22 de março de 1891. Inaugurada em 1 de setembro de 1895, foi … leia mais

Kurfürstendamm
with Nenhum comentário

Com 3,5 km de extensão a Kufürstendamm é uma das avenidas mais famosas da cidade. Conhecida como Kudamm (muito mais fácil de pronunciar do que seu nome inteiro, apesar disso soar meio estranho para ouvidos brasileiros), a avenida começa na Breitscheidplatz, … leia mais

Memorial do Holocausto
with Nenhum comentário

Memorial do Holocausto, ou Memorial aos Judeus assassinados na Europa (Stiftung Denkmal for die ermordeten Juden Europas): impressionante, em todos os sentidos. Entre a Potsdamer Platz e o Portão de Brandemburgo, encontra-se o Memorial do Holocausto, ou Memorial aos Judeus … leia mais

Memorial do muro de Berlim
with Nenhum comentário

O Memorial do Muro de Berlim, na antiga zona de fronteira da Bernauer Strasse, é um testemunho da cidade dividida. Inaugurado em agosto de 2011, o Memorial é impressionante. Vê-se um pedaço inteiro do muro, na frente do qual há um grande … leia mais

Museu do muro
with Nenhum comentário

O Museu do Muro em Checkpoint Charlie exibe, dentre outros objetos, documentos sobre a construção do muro e tentativas de fuga, algumas bem originais. Fundado pela Dra. Rainer Hildebrandt, ativista dos direitos humanos, encontra-se no Museu do Muro histórias de … leia mais

Palácio de Charlottenburg
with Nenhum comentário

O maior e mais importante complexo palaciano, em Berlim, dos antigos eleitores de Brandemburgo, reis da Prússia e imperadores alemães. O Palácio foi construído por Frederico III, em 1699, como um palácio de verão para Sophie Charlotte, sua esposa.  Foi … leia mais

Portão de Brandemburgo
with Nenhum comentário

Um dos mais importantes monumentos de Berlim, um símbolo da divisão da cidade, com mais de 200 anos de história, e que atrai turistas de todo o mundo. Entrada para a grande avenida de Unter den Linden e para a … leia mais

Potsdamer Platz
with Nenhum comentário

Antigo centro da cidade era, antes do muro, uma das praças mais movimentadas da Europa. Hoje é um centro moderno, com inúmeros arranha-céus. Antigo centro da cidade, a Potsdamer Platz  teve o primeiro sistema de semáforos do continente. Ainda é … leia mais

Reichstag
with Nenhum comentário

A sede do Bundestag, o Parlamento alemão, com sua cúpula de vidro que oferece uma bela vista da cidade. A construção do edifício do Reichstag teve início em 1884. Foi uma história bastante conturbada, que envolve diversos projetos e até … leia mais

Topografia do terror
with Nenhum comentário

Berlim 1933-1945 – entre propaganda e terror Passei perto deste sítio em minha primeira visita, mas estva tão perturbada por tudo o que já tinha visto que não tive forças para ir até lá. Alguns anos depois o fiz, mas não … leia mais

Traçado do Muro
with Nenhum comentário

Uma linha dupla feita de paralelepípedos ao longo das ruas marca o traçado do antigo muro. Em alguns pontos da cidade pode-se ver uma linha dupla feita de paralelepípedos ao longo das ruas. Eles cobrem mais de 5.7km e em alguns … leia mais

Unter den Linden e Ilha dos museus
with Nenhum comentário

Uma das principais avenidas do centro de Berlim, a Unter den Linden começa no Portão de Brandemburgo, após a Pariser Platz, e vai até a Ilha dos Museus. A Unter den Linden, cujo nome significa “sob as tílias”, começa no Portão … leia mais

(Berlim, Alemanha)

 

  Atenção para não andar sobre a faixa das ciclovias: estão por toda a cidade e alguns ciclistas andam muito rápido. Afinal, é a faixa deles e se não prestar atenção você corre o risco de ser atropelado.

 

 

Fui a Berlim três vezes: na primeira, fiquei em um hotel perto da Potsdamer Platz (bom local, sem necessidade de usar o metrô para os monumentos do centro); nas outras duas em diferentes pontos da Kufürstendamm, grande rua de comércio. Foi necessário usar o metrô, o que é inicialmente difícil, quando não se domina bem o idioma, mas as pessoas foram muito simpáticas em ajudar a comprar os bilhetes. Também andei de ônibus, este muito mais fácil: há indicações na parada com o número das linhas e seu percurso e uma tela mostra o horário de cada uma. Cabe aqui um parênteses: ao estacionar o ônibus tomba um pouco para o lado, ficando na mesma altura da calçada, permitindo, assim, que pessoas com dificuldade de locomoção ou com carrinhos de bebê ou de compras tenham um acesso mais fácil.

 


LINKS

ALEMANHA: férias inesquecíveis (em português) / BERLIN.DE / VISIT BERLIM (em português)


Comentários